O final do Hole in the Ground explicado

O serviço de streaming serviu para algo verdadeiramente assustador com este.

O final do Hole in the Ground teve alguns arranhões em suas cabeças, então vamos explicar isso, vamos!



A época festiva pode estar a todo vapor, mas isso não nos impede de desfrutar de um bom filme de terror. Houve alguns bastante fantásticos este ano, do perturbador filme de separação de Ari Aster Solstício de verão para o profundamente perturbador Daniel não é real .



No entanto, a Netflix também ofereceu aos fãs de gênero algo para digerir, incluindo nomes como Ou , Na grama alta e mais.

Agora, às vezes pode ser um pouco complicado de terror, pois todos nós queremos algo que não vimos antes, mas muitas vezes o que recebemos parece reciclado. Isso nem sempre é ruim. Se for familiar, mas feito muito bem da mesma forma, ficamos satisfeitos no final.



Lil Romeu tem um filho?

Vamos falar sobre o buraco no chão ...

O buraco no chão



Netflix: o buraco na terra

The Hole in the Ground é a estreia na direção de Lee Cronin, que já dirigiu curtas como Wilbur e Anto , Pela noite , Billy & Chuck , Trem fantasma e dois episódios da série de TV O Plano mestre .

No que diz respeito às estreias, este é bastante impressionante.

Junto com as funções de direção, ele escreveu o roteiro ao lado de Stephen Shields, contando a história de uma mãe inundada de dúvidas. Sarah (interpretada por Seána Kerslake) e seu filho Chris (James Quinn Markey) estão morando no interior da Irlanda, mas ela logo começa a suspeitar que seu filho não é o que parece - na verdade, ele pode nem ser seu filho.

Seu comportamento curioso e bizarro poderia estar relacionado ao ralo situado na mata vizinha?

Certamente.

O buraco no chão: vamos falar sobre o final

À medida que os acontecimentos se tornam piores, Sarah conclui que o menino da casa é, na verdade, o Doppelgänger de seu filho - um changeling ou um duplo misterioso.

Ele tenta matá-la, mas ela consegue prender a criatura no porão e se dirige para a porta. Chegando ao ralo, ela se aventura e descobre que suas suspeitas eram justificadas e que seu filho estava lá. Ela o resgata e ateia fogo na casa com a entidade dentro.

Esperando que tudo esteja resolvido, a família muda-se para a cidade para começar uma nova vida. No entanto, quando ela tira uma foto de seu filho andando de bicicleta do lado de fora, o rosto dele na imagem fica embaçado.

Role os créditos.

Este conteúdo não pôde ser carregado

O final do Hole in the Ground explicado

Em primeiro lugar, vale confirmar que o menino do final do filme não é filho dela. Não acabou.

'Como pode ser?' você pode perguntar. Bem, o falso menino que mora em sua casa é uma entidade que não podemos entender verdadeiramente, e talvez o sumidouro seja algum tipo de chapéu mágico. Não é tão bizarro concluir que mais de um coelho foi puxado.

Quando ela deixa o menino no porão, o menino que ela encontra no ralo pode ser apenas uma extensão do ser que ela aprisionou.

O destino de seu filho real é deixado incerto nas imagens da partida do filme. O que realmente aconteceu com ele permanece ambíguo, mas depois que o resgate foi provado em vão, ficamos com a sensação de que ele nunca será recuperado e que Sarah ainda está em grande perigo.

Em outras notícias, conheça o elenco de Feliz feliz tanto faz .